COMUNICAÇÕESPAINEL PRINCIPAL

 

 

 

 

 

ACESSO AOS DADOS DOS PERSONAGENS DA SÉRIE DISCOVERY :

 

Saiba um pouco sobre a tripulação da USS DISCOVERY NCC-1031, para maiores detalhes consultar a ficha detalhada no computador central da USS Venture. 

 

 

Comandante Michael Burnham (Interpretada pela Atriz Sonequa Martin-Green):

Primeiro oficial da nave USS Shenzhou NCC-1227, servindo por 7 anos sob comando da Capitão Phillipa Georgiou. Envolvida no incidente com os Klingons em 2256, que culminou com inicio da guerra. Foi acusada de insubordinação, motim e agressão a oficial superior. O Capitão Lorca a convidou para fazer parte da tripulação da nave USS Discovery NCC-1031 como especialista. Michael foi criada em Vulcano pelo Embaixador da Federação Sarek, e graduada na Academia de Ciências de Vulcano.

 

Já a bordo da USS Discovery atuou na área de ciências, sem patente, ajudando em desvendar como funcionava os saltos espaciais com o motor de esporos junto a criatura gigante chamada de "Ripper - Estripadora", que mais tarde foi liberada no espaço por Michael por ser uma criatura ser-ciente.

 

O embaixador Sarek de Vulcano, acompanhou e orientou a sua educação em Vulcano após sua família ter sido morta em um ataque Klingon no posto de ciências humano/vulcano em Doctari Alfa.

 

 

Capitão Lorca (interpretado por Jason Isaacs):

 

Capitão da USS Discovery NCC 1031 em 2256, Lorca recebe o comando do USS Discovery logo após seus olhos ficarem "feridos" em uma batalha da Guerra entre a Federação e o Império Klingon, como seqüela ele deve evitar mudanças bruscas de luminosidade. Destruiu sua própria nave a USS Buran nesta batalha para que a tecnologia e sua tripulação não caíssem nas mãos do Klingons para serem torturados.

 

Misterioso... Lorca obteve carta branca da Federação para buscar meios científicos para obter vantagem na Guerra. Sob o comando de Lorca, a USS Discovery resgata a amotinada Michael Burnham e outros prisioneiros depois que seu transporte da prisão foi quase destruído pela Espécie GS54, uma espécie que se alimentava de eletricidade.
 

Após esse evento Lorca convida  Michael Burnham a se juntar a tripulação para aproveitar seus conhecimentos científicos e experiência da Frota Estelar.

Lorca também é responsável pelo salto que levou a nave a um Universo Espelho, onde ele tentou um golpe de estado contra a Imperatriz Terrana.

 

Tenente Paul Stamets (interpretado por Anthony Rapp):

Oficial de ciência e chefe da engenharia da USS Discovery NCC 1031, especializado em Astro-Colonização (estudo de fungos no espaço).

 

Antes do início da Guerra entre Federação e o Império Klingon em 2256, Stamets e seu parceiro de pesquisas, Straal, estavam trabalhando em uma tecnologia de propulsão experimental. Quando a guerra começou, os dois foram cooptados pela Frota Estelar para desenvolver aplicações militares para a nova tecnologia. Paul Stamets foi atribuído à nave USS Discovery, e Straal a nave  USS Glenn.

 

No final de 2256, Paul Stamets conheceu Michael Burnham depois que o seu transporte da prisão foi resgatado pela USS Discovery. A contra gosto foi obrigado a compartilhar algumas tarefas com a ex-primeiro-oficial, mas aos poucos percebe a importância de ter Michael a seu lado.

 

Se tornou peça fundamental do funcionamento do motor de esporos devido a uma composição do seu DNA com o DNA do Tardigrado para controlar os saltos do motor.

 

Viveu um relacionamento amoroso com o médico chefe Tenente Comandante Hugh Culber com quem dividiu um alojamento, até a morte de seu companheiro.

 

 

Comandante Saru (interpretado por Doug Jones):

Oficial de ciência USS Shenzhou NCC-1227, servindo sob comando da Capitão Phillipa Georgiou até o incidente com os Klingons. Transferido para a USS Discovery NCC 1031 como primeiro oficial e promovido a comandante. Saru é um Kelpien, primeiro de sua raça a se graduar na Frota Estelar, que se mostra resistente a colocar sua vida em risco.

Em seu planeta, são encontradas duas espécies, em que uma espécie é a presa e a outra uma raça predadora superior. Saru é originário da espécie que é caçada e por isso desenvolveu um instinto de sobrevivência por causa dos predadores de seu planeta, conseguindo prever a própria morte e agir para poder evitá-la. Por esta razão ele nunca foi subestimado pelos companheiros tripulantes da Frota Estelar.

 

Se tornou capitão interino da USS Discovery durante a missão no Universo Espelho e mantém esta função até o terminou das hostilidades com os Klingons.

   

 

Cadete Sylvia Tilly (interpretada por Mary Wiseman):

Cadete do ultimo ano da Academia da Frota Estelar designada para servir a bordo da USS Discovery NCC 1031.

Ela foi classificada como a melhor engenheira teórica da Academia da Frota Estelar, e foi designada rapidamente a servir a bordo da nave USS Discovery. Ela inicialmente teve um quarto próprio devido às suas "necessidades especiais", uma vez que ela era alérgica ao poliéster e à espuma de poliuretano viscoelástica que a fazia roncar. Ela então começou a compartilhar seus aposentos com amotinada Michael Burnham depois que veio a bordo.

Durante seu tempo a bordo da USS Discovery, ela serviu na engenharia. Ela também fez parte do grupo avançado enviado para investigar o acidente da nave USS Glenn, e foi de grande ajuda em seu primeiro grupo avançado e nos demais que vieram em seguida.

Atualmente recebeu a patente de alferes a bordo da USS Discovery e continua auxiliando a Ten. Paul Staments na Engenharia.

 

Tenente Milton Richter (interpretado por Christopher Russell):

Humano da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Discovery NCC 1031 sob comando do capitão Gabriel Lorca como oficial tenente de comunicações da nave em 2256.

 

 

Capitão Philippa Georgiou (interpretada por Michelle Yeoh):

Capitão da nave estelar USS Shenzhou NCC 1227. Experiente capitão de nave estelar e amiga do embaixador Sarek de Vulcano. Em 2249, quando assumiu o comando da USS Shenzhou, aceitou instruir a tutelada humana de Sarek que se graduou na Academia de Ciências de Vulcano. 

Ao investigar um retransmissor subespacial avaliado em 2256, entrou em contato com uma armada Klingon nos limites do território da Federação. Após o ataque Klingon liderou a armada da Federarão até a chegada do Almirante Anderson. Depois de consideráveis perdas na batalha tentou capturar o líder Klingon T'Kuvma, mas morreu na ação, onde também foi morto o líder klingon.  A USS Shenzhou foi perdida nesta batalha.

No Universo Espelho Philippa Georgiou era a Imperatriz sádica do Império Terrano que criou como uma filha a Michael Burnham de seu universo, entretanto enfrentava constantemente os rebeldes alienígenas e os motins, um desses comandado pelo Cap. Gabriel Lorca do Universo Espelho.

 

Sarek de Vulcano (interpretado por James Frain):

Um astrofísico do Planeta Vulcano, e pai de Spock,  aparecendo em uma versão mais jovem do personagem que foi primeiramente retratado por Mark Lenard na série original de Star Trek.

Quando os pais humanos de Michael Burnham foram mortos por Klingons, Sarek tomou-a tutelada e a criou em Vulcano, onde ela se tornou a primeira humana a freqüentar o Centro de Aprendizagem Vulcano e a Academia de Ciências Vulcana. (DIS: "The Vulcan Hello") Depois que a então criança Burnham foi ferida em um bombardeio, Sarek veio em seu resgate e iniciou um elo mental com Burnham para revivê-la. Como resultado, uma parte do katra de Sarek permaneceu dentro de sua mente, o que mais tarde permitiu que ele se comunicasse com ela através de distâncias interestelares.

Em 2249, Sarek se transportou para a nave USS Shenzhou com Michael Burnham e deixou-a sob os cuidados da Capitão Philippa Georgiou, dizendo calmamente a Burnham que "se comportasse" antes de deixar a nave. 

No final de 2256, na tentativa de por fim a guerra entre a Federação e o Império Klingon, Sarek foi mortalmente ferido quando estava a caminho de um encontro em local neutro. Felizmente a Michael Burnam pressentiu e a USS Discovery conseguiu localizar e salvar o embaixador Sarek.

Em 2250, Sarek interrompeu seu relacionamento com Spock, quando este decidiu candidatar-se à Academia da Frota Estelar em vez da Academia de Ciências Vulcana. Sarek queria que Spock seguisse os ensinamentos de seu pai, assim como ele próprio seguiu os ensinamentos de seu próprio pai. (TOS: "Journey to Babel")

 

Almirante Brett Anderson (interpretado por Terry Serpico):

Em 11 de maio de 2256, Anderson foi contactado pela capitão Philippa Georgiou da nave USS Shenzhou NCC 1227 com respeito ao contato com um artefato Klingon no espaço da Federação. Anderson ordenou a Georgiou que mantivesse sua posição, enquanto a USS Europa NCC 1648 e outras naves da Frota Estelar estavam se dirigindo para o local. (DIS: "The Vulcan Hello")

Quando os reforços Klingon chegaram e atacaram as outras naves da Frota Estelar, Anderson chegou um pouco atrasado ao local a bordo da USS Europa, onde contactou o líder Klingon, T'Kuvma, para negociar um cessar-fogo. T'Kuvma, reconhecendo o almirante como "alguém digno de nossa atenção", em uma ato desonroso jogou uma de suas naves camufladas na USS Europa, com Anderson ainda a bordo, a destruindo completamente na colisão. (DIS: "Battle at the Binary Stars") 

 

Alferes Danby Connor (interpretado por Sam Vartholomeos):

Humano da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Shenzhou NCC 1227 sob comando da capitão Philippa Georgiou como oficial de operações e navegador da nave em 2256 durante a crise com os Klingons. (DIS: "The Vulcan Hello").

Logo no início da Batalha das Estrelas Binárias com os Klingons, Connor ficou ferido quando o console explodiu em seu rosto. Depois de confirmar a Capitão Georgiou que ele conseguiria chegar à enfermaria, ele foi parar na área de detenção da nave, onde a Comandante Michael Burnham já havia sido confinada. Confuso e aturdido, Connor foi morto por descompressão explosiva quando um torpedo de um nave Klingon explodiu o casco da USS Shenzhou, expondo todo o deck ao espaço.

No Universo Espelho Connor era o primeiro oficial da na USS Shenzhou, sob o comando da Capitão Michael Burnham, morreu ao tentar matar a capitão dentro do turboelevador da nave.

 

Harry Mudd (interpretado pro Rainn Dietrich Wilson):

Um carismático contrabandista cujo nome completo é Harcourt Fenton "Harry" Mudd. Retrata uma versão mais jovem do personagem interpretado por Roger C. Carmel na série original Star Trek.

Em algum momento antes de 2256, Mudd se apaixonou por uma mulher chamada Stella. Sua família não o aprovou, então ele sentiu que não tinha escolha senão tentar o respeito de seu pai. Ele pegou emprestado uma grande soma de alguns agiotas não tradicionais e aplicou em uma lua. Ele acabou atrasando seus pagamentos e seus credores vieram atrás dele. Eles o perseguiram até o território Klingon, onde foi capturado e preso em uma nave da prisão, onde compartilhou sua cela com o tenente Ash Tyler da Frota Estelar.

O Ten. Ash Tyler e o Capitão Gabriel Lorca conseguiram escapar da nave prisão e deixaram para traz Herry Mudd, que e jurou encontrá-los novamente.

No final de 2256, Harry Mudd tentou roubar o segredo da USS Discovery a prendendo em um Loop Temporal criado por Cristais do Tempo, e depois vender  a nave para os Klingons. Seu plano foi frustrado pelo Ten. Paul Stamets e demais membros da tripulação, tendo como fim sua "prisão" ao lado de sua "amada" Stella e seu pai.

 

 

T'Kuvma (interpretado por Chris Obi):

Líder o Império Klingon que deseja reunir as casas poderosas. Quando era jovem, T'Kuvma redescobriu uma antiga nave que pertencia ao seu pai e foi abandonada após sua morte. A nave abandonada era usada como um campo de jogos e batalhas para outras crianças Klingons, que atacaram T'Kuvma quando ele tentou expulsá-las.

T'Kuvma reparou a nave e a usou como sua base de operações. Ele também desenvolveu dispositivos de camuflagem que ele instalou em sua frota. Ao contrário de outras casas klingon, T'kuvma aceitou rejeitados como o albino Voq.

T'Kuvma acreditava que a afirmação da Federação de que "Nós viemos em paz" era uma mentira e utilizou a ameaça da Federação para unificar as vinte e quatro Grandes Casas do Império Klingon, concentrando sua atenção em um inimigo comum. Para esse fim, ele colocou o "Farol de Kahless" em um sistema de estrelas binárias perto da borda do espaço da Federação e desabilitou um retransmissor subespacial para atrair a atenção da Frota Estelar.

Depois que a Comandante Burnham matou um guerreiro klingon no farol, T'Kuvma deu a Voq a honra de ativar o "Farol" para atrair a atenção dos demais klingons. T'Kuvma então falou com os membros do Alto Conselho Klingon que chegaram ao sistema em resposta ao sinal do Farol. Reunindo alguns deles para sua causa, ele lançou um ataque contra as naves da Federação, conhecida como a  "Batalha nas Estrelas Binárias".

Após um pedido do comandante da Frota Estelar, almirante Brett Anderson, para um cessar-fogo, T'Kuvma aceitou e pediu ao Humano que se preparasse para a chegada de seu enviado. Em vez disso, ele ordenou que uma de suas naves camufladas se atirasse na nave do almirante, a USS Europa NCC 1648, levando à sua destruição. (DIS: "Battle at the Binary Stars")

Depois de declarar a vitória sobre as naves da Frota Estelar, T'Kuvma instruiu os membros do Alto Conselho a retornar a Qo'noS para difundir notícias do Império unido e foi proclamado "T'Kuvma o Inesquecível" por seus apoiadores L'Rell e Voq.

Ficando ainda no Sistema para colecionar e santificar os mortos Klingons, a nave de T'Kuvma foi desabilitada pela USS Shenzhou, cuja capitão Philippa Georgiou e a primeiro oficial Michael Burnham, entraram a bordo, tentando capturá-lo e desmoralizar o esforço de guerra Klingon. Enfrentando a Capitão Georgiou foi morta em combate com T'Kuvma, antes dele ser atingido por uma descarga de phaser de Burnham, ajustado para matar. (DIS: "Battle at the Binary Stars")

O líder T"Kuvma morreu e foi declarado por Voq de que ele seria lembrado para sempre por todos os Klingons, e que sua morte seria a causa para unir o Império Klingon.

 

 

 

 

 

As Tyler (interpretado por Shazad Latif):

Tenente da Frota Estelar atualmente servindo a bordo da USS Discovery.

Antes da Batalha das Estrelas Binárias em 2256, ele serviu como tenente do USS Yeager sob o comando do Capitão Steven Maranville. Ele foi capturado pelos Klingons durante a batalha e permaneceu cativo durante sete meses. Ele finalmente foi resgatado ao lado de Gabriel Lorca pela nave USS Discovery, se tornando peça fundamental da tripulação como chefe tático da nave.

Durante seus sete meses de confinamento, foi torturado e condicionado pelos Klingons para receber partes do corpo e consciência do klingon Vog, se tornando um peça fundamental para descobrir os segredos da Federação pelos Klingons como um agente infiltrado. Quando descobriu este fato, matou o médico chefe Tenente Comandante Hugh Culber na enfermaria.

Após um procedimento a bordo da USS Discovery a fêmea klingon L'Rell conseguiu estabilizar a consciência de Tyler, mas sem eliminar totalmente as memórias klingons.

 

L'Rell (interpretada por Mary Chieffo):

Comandante  de uma nave Klingon da Casa de T'Kuvma. Em 2256, L'Rell informou a T'Kuvma que os sensores de longo alcance de sua nave tinham detectado reforços da Frota Estelar a caminho, levando T'Kuvma a pedir Voq para iluminar o "Farol de Kahless". (DIS: "The Vulcan Hello")

Após a vitória dos Klingons na batalha que se seguiu, L'Rell e Voq proclamaram T'Kuvma como T'Kuvma "O Inesquecível" para o Alto Conselho Klingon.

Depois da morte de T'Kuvma, ela foi peça fundamental para o klingon Vog estabilizar sua liderança perante os demais Klingons. Mas eles não resistiram a uma investida do klingon Kol, sendo exilados.

Com a ajuda da Federação, conseguiu tomar o poder do conselho Klingon e estabilizar as 24 casas klingon e torno de objetivo comum. Com isso foram cessadas as hostilidades com a Federação e devolvidos os territórios conquistados.

 

 

Kol (interpretado por Kenneth Mitchell):

Comandante Klingon e membro do Alto Conselho Klingon em 2256. Quando T'Kuvma reuniu as vinte e quatro Grandes Casas usando o "Farol de Kahless", a nave de Kol respondeu ao chamado. Irritado na ausência inicial de T'Kuvma na comunicação entre sua nave e o Alto Conselho, Kol exigiu sua presença.

Quando T'Kuvma apresentou seu desejo de unir o povo Klingon, Kol desprezou a presença de outras casas da sociedade Klingon e advertiu T'Kuvma que um dia o colocaria em seu lugar, antes de cortar a comunicação.

Após o inicio da guerra se apoderou da nave sarcófago de T'Kuvma e sua tecnologia de camuflagem e espalhou pelas as casas que jurassem lealdade a ele. Este fato ajudou os klingons a conquistarem muitos territórios da Federação e se colocarem em uma situação de superioridade na Guerra. Entretanto, em sua busca para destruir a USS Discovery, acabou sendo destruído pela nave da Federação pouco antes da nave "saltar" para o Universo Espelho, aparentemente abandonando a Guerra.

 

 

Comandante Ellen Landry (interpretado por Rekha Sharma):

Comandante oficial de segurança da USS Discovery e braço direito do Capitão Gabriel Lorca, a quem segue cegamente, sem questionar suas ações.

Ela foi morta no final de 2256 pela criatura gigante que ela chamou de "Ripper - Estripadora" quando tentou atacá-la a bordo da USS Gleen.  (DIS: "The Butcher's Knife Cares Not for the Lamb's Cry") .

 

 

Tenente  Keyla Detmer (interpretada por Emily Coutts):

Humana da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Shenzhou NCC 1227 sob comando da capitão Philippa Georgiou como timoneira (piloto) da nave, na patente de tenente Junior,  durante a crise com os Klingons em 2256. (DIS: "The Vulcan Hello").

Seis meses após a destruição da USS Shenzhou, Detmer foi promovida a patente de tenente e  designada para servir como oficial do leme sob o comando do capitão Gabriel Lorca na USS Discovery. Sofreu ferimentos sérios na batalha que a obriga a utilizar ter implantes cranianos e oculares. Ao ver a amotinada Michael Burnham pela primeira vez na USS Discovery, escolheu não falar com ela.

Teve atuação importante em diversos momentos a bordo da USS Discovery sob o comando do capitão interino Saru. Sua opinião sobre Burnham, foi sendo modificada ao longo do relacionamento mais aprofundado com ela.

 

 

 Vog (interpretado por "Javid Iqbal" ou Shazad Latif):

Em 2256 a bordo da nave principal da Casa de T'Kuvma, o klingon Voq se ofereceu para assumir o papel de guardião do farol de Kahless após a morte de Rejac. T'Kuvma inicialmente o rejeitou, citando que a posição do guardião da luz pertencia a um klingon nascido de uma nobre casa. Voq argumentou que sua fé o fazia digno - que ele havia renascido através das chamas de Kahless - o que ele demonstrou ao queimar o punho em um braseiro iluminado.

 Aceitando Voq para ser um espelho de si mesmo, T'Kuvma deu o seu próprio bat'leth a Voq e o carregou com o sagrado dever de iluminar o Farol de Kahless. (DIS: "The Vulcan Hello")

Após a batalha com a Federação, a nave de T'Kuvma, comandado por Voq e L'Rell, ficou presa por meses sem condições de movimentação e com falta de comida. Eventualmente, a maioria dos integrantes da casa de T'Kuvma se submeteu a líder Kol da casa de Kor, enquanto Voq foi deixado na nave a deriva USS Shenzhou. Mas a klingon L'Rel veio em seu socorro e o resgatou.

Vog, voluntariamente, se submeteu a um procedimento cirúrgico de ser enxertado dentro do corpo do humano As Tyler, capturado em guerra, para servir de espião e coletar os segredos da nave USS Discovery.  Posteriormente sua consciência foi removida da mente do humano, mas suas lembranças continuaram ativas em seu celebro humano.

 

Tenente Comandante Hugh Culber (interpretado por Wilson Cruz):

Chefe Médico da nave USS Discovery NCC 1031 sob comando da capitão Gabriel Lorca em 2256.

Culber tratou o Tenente Paul Stamets depois que ele se feriu em um teste infrutífero de salto do motor de esporos. Também ajudou Michael a identificar as condições físicas da criatura "Ripper".

Dr. Culber mantinha um relacionamento amoroso com o tenente Paul Stamets, onde dividiam um alojamento na nave até a sua morte pelo tenente As Tyler depois que a identidade klingon foi ativada em seu celebro.

 

 

Tenente Comandante Airiam (interpretada por Sara Mitich):

Uma alienígena com melhoramentos cibernéticos da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Discovery NCC 1031 sob comando do capitão Gabriel Lorca como oficial de operações dedicada aos motores de esporos na ponte da nave em 2256 durante a crise com os Klingons. (DIS: "Context is for Kings").

Contava de grande prestígio e confiança junto ao Capitão Interino Saru, que lhe cedia o comando da ponte da nave quando não estava presente.

 

 Tenente Rhys (interpretado por Patrick Kwok-Choon):

Humano da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Shenzhou NCC 1227 sob comando da capitão Philippa Georgiou como oficial tático da nave em 2256, após a morte da Comandante Landry  durante a crise com os Klingons. (DIS: "Choose Your Pain").

Sua confiança no recente posto na ponte de comando foi crescendo ao longo da Guerra contra os Klingons, se tornando um importante membro da tripulação sênior sob o comando do Capitão Interino Saru.

 

Tenente Junior Joann Owosekun (interpretada por Oyin Oladejo):

Humana da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Discovery NCC 1031 sob comando do capitão Gabriel Lorca como oficial de operações na ponte da nave em 2256 durante a crise com os Klingons. (DIS: "Context is for Kings").

 

 Kamran Gant (interpretado por Ali Momen):

Humano da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Shenzhou NCC 1227 sob comando da capitão Philippa Georgiou como oficial tático da nave em 2256 durante a crise com os Klingons. (DIS: "The Vulcan Hello").

 

Vice-Almirante Katrina "Kat" Cornwell (interpretada por Jayne Brook):

Vice almirante humana da Frota Estelar, uma ex-doutora psiquiatra, designada para operações no front de batalhas na guerra contra os Klingons no final de 2256. Era uma velha conhecida do Capitão Gabriel Lorca, com quem aparentemente teve um relacionamento amoroso no passado.

Em novembro de 2256, informou o capitão Gabriel Lorca da USS Discovery sobre o ataque de Klingon contra Corvan II e ordenou que protegesse o planetóide.

Em dezembro de 2256, ela participou de um briefing  estratégico com o Cap. Lorca, restringido o uso dos motores de esporos. Uma semana depois, ela visitou a USS Discovery depois que Lorca lançou uma missão de resgate não autorizada para salvar o Embaixador Sarek, partindo logo em seguida para uma missão diplomática com uma suposta facção dissidente de Klingon no lugar do Embaixador Sarek. A missão diplomática era uma armadilha orquestrada pelo general Kol Klingon, e Cornwell foi capturada por Dennas e Ujilli. (DIS: "Lethe").

Após sua libertação pela tripulação da USS Discovery viu a Federarão e a Frota Estelar perder constantemente territórios para os klingons durante os nove meses depois do incidente que fez desaparecer misteriosamente a USS Discovery. Em um ato desesperado para vencer a guerra, forjou uma aliança com a Imperatriz do Universo Espelho Philippa Georgiou desrespeitando alguns princípios fundamentais da Federação,  sendo repreendida e confrontada pela tripulação unida da USS Discovery.

 

 

Chefe Médico Nambue (interpretado por Maulik Pancholy):

Chefe Médico da nave USS Shenzhou NCC 1227 sob comando da capitão Philippa Georgiou desde 2249 até meados de 2256.

 

Tenente Troy Januzzi (interpretado por Romaine Waite):

Humano da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Shenzhou NCC 1227 sob comando da capitão Philippa Georgiou como oficial de comunicações da nave em 2256 durante a crise com os Klingons. (DIS: "The Vulcan Hello").

 

 Tenente Junior Britch Weeton (interpretado por Chris Violette):

Humano da Frota Estelar que serviu a bordo da USS Shenzhou NCC 1227 sob comando da capitão Philippa Georgiou como oficial de transporte da nave em 2256 durante a crise com os Klingons. (DIS: "The Vulcan Hello").

 

 

Dennas (interpretado por Clare McConnell):

Uma Líder do Império Klingon que representava a Casa de D'Ghor no Alto Conselho Klingon em 2256. Quando T'Kuvma reuniu as vinte e quatro Grandes Casas usando o "Farol de Kahless", sua nave respondeu ao chamado.

Ao ouvir T'Kuvma apresentar seu desejo de unir o povo Klingon, Dennas estava interessada em ouvir mais e perguntou como isso poderia ser feito. (DIS: "Battle at the Binary Stars") 

 

 

 

 Ujilli (interpretado por Damon Runyan):

Ujilli representou a Casa de Mo'Kai no Alto Conselho  Klingon em 2256. Quando T'Kuvma reuniu as vinte e quatro Grandes Casas usando o "Farol de Kahless", sua nave respondeu ao chamado.

Ao ouvir T'Kuvma apresentar seu desejo de unir o povo Klingon, ele estava interessado em ouvir mais. (DIS: "Battle at the Binary Stars")

 

 

 

 

VOLTAR

 

HOMEPAGE CRIADA E MANTIDA PELO WEBDESIGN:  MDANIEL LANDMAN  grupoussventure@gmail.com

Star Trek®  e todas as séries derivadas, assim como os personagens, são marcas registradas da Paramount Pictures,

 uma divisão da Viacom, com todos os direitos reservados.
Esta Homepage, bem como todo a material e publicação aqui apresentados estão livremente disponíveis ao público, e tem por finalidade apenas divulgar a série e compartilhar todo o conhecimento com as gerações futuras, sem fins lucrativos.